Café!Café!Café!

Um blog sobre… o que mesmo?

03 fev 2015
1Comentário

Os Cafés artesanais e seus sabores

Um café artesanal é aquele que é produzido geralmente por pequenos agricultores familiares. A forma de produção em pequena escala e o cuidado diferenciado na pós colheita elevam a qualidade da bebida final e muitos nutrientes são mantidos na torra artesanal. Assim, o café ganha sabores e odores que alavancam a bebida à categoria de gourmet ou de especial, dependendo da análise técnica gustativa. Com isso, o cafeicultor fica com um produto de melhor valor agregado e o apreciador exigente e antenado passa a garantir não só mais benefícios para si, mas também a permanência desse produtor e sua família na área rural.

A carioca Moni Abreu, cafeóloga e proprietária da empresa Café!Café!Café!, atua no campo dando orientações aos cafeicultores para que eles atinjam um produto com padrão de qualidade internacional. Além da assessoria no campo, a especialista em cafés especiais, que já atua há 3 anos na área, dá suporte a cafeterias e empresas interessadas em adquirir cafés de qualidade produzidos no Brasil, e confirma: “Os Cafés do Brasil estão aí, pra quem quiser descobrir toda a maravilhosa diversidade de sabor que vem encantando os estrangeiros. Basta provar um, e você nunca mais vai duvidar de que existem cafés e ‘cafés’.” Se você ainda não teve um encantamento gustativo, a hora é agora!

A Café!Café!Café! servirá delícias no evento “Jorge Amado e seus sabores”, que vai acontecer aos sábados e domingos, de 31 de janeiro a 1º de março, das 16h às 20h, no Museu Janete Costa de Arte Popular, no Ingá. O evento apresentará também outros deleites gastronômicos, além de muita música, literatura e oficinas para adultos e crianças. E fica um desafio, para você pesquisar: quem produz o seu café? Uma dica: você não vai achar esse dado no rótulo das grandes marcas do mercado.”

jor

 

 

(artigo produzido por Moni Abreu para as mídias locais visando promover o evento)

 

Uma resposta para “Os Cafés artesanais e seus sabores”

  1. […] original de Moni Abreu, publicado em Café!Café!Café! e adaptado a este […]