Café!Café!Café!

Um blog sobre… o que mesmo?

União, café e mulheres

Felizmente tudo na vida muda, e se muda para melhor é sinal que estamos evoluindo.

Sempre que ouço a palavra café, eu penso nas mulheres. Sim, e porque eu penso nelas? Por que elas Leia mais…

24 ago 2015
2Comentários

Os cinco sabores na harmonização com café

No último dia 22 de agosto, em uma parceria super legal com a novíssima cafeteria paulistana, o Preto Café, apresentamos o evento “Os cinco sabores na harmonização com café”. A proposta Leia mais…

Escolha seu café

Um grupo de profissionais, em visita a um de seus antigos professores, inicia conversa sobre estresse e insatisfação no trabalho e na vida em geral.

Para amenizar o clima, o mestre prepara um café especial e Leia mais…

Os 17 segredos de Dan Gentile

Existe uma boa quantidade de informações na internet sobre cafés. Alguns textos em inglês, além de muito interessantes e reveladores, tem uma perspectiva diferente, própria das “gentes de lá”. Esse em especial intitulado Leia mais…

O café e a adversidade

Uma filha foi a seu pai queixar-se sobre a vida, de como as coisas estavam difíceis, que estava cansada de lutar e que queria desistir de tudo. Parecia que assim que um problema estava resolvido, outro surgia.

Seu pai, levou-a até a cozinha. E Leia mais…

03 fev 2015
1Comentário

Os Cafés artesanais e seus sabores

Um café artesanal é aquele que é produzido geralmente por pequenos agricultores familiares. A forma de produção em pequena escala e o cuidado diferenciado na pós colheita elevam a qualidade da bebida final e muitos nutrientes são mantidos na torra artesanal. Assim, o café ganha sabores e odores que alavancam a bebida à categoria de gourmet ou de especial, dependendo da análise técnica gustativa. Com isso, o cafeicultor fica com um produto de melhor valor agregado e o apreciador exigente e antenado passa a garantir não só mais benefícios para si, mas também a permanência desse produtor e sua família na área rural.

A carioca Moni Abreu, cafeóloga e proprietária da empresa Café!Café!Café!, atua no campo dando orientações aos cafeicultores para que eles atinjam um produto com padrão de qualidade internacional. Além da assessoria no campo, a especialista em cafés especiais, que já atua há 3 anos na área, dá suporte a cafeterias e empresas interessadas em adquirir cafés de qualidade produzidos no Brasil, e confirma: “Os Cafés do Brasil estão aí, pra quem quiser descobrir toda a maravilhosa diversidade de sabor que vem encantando os estrangeiros. Basta provar um, e você nunca mais vai duvidar de que existem cafés e ‘cafés’.” Se você ainda não teve um encantamento gustativo, a hora é agora!

A Café!Café!Café! servirá delícias no evento “Jorge Amado e seus sabores”, que vai acontecer aos sábados e domingos, de 31 de janeiro a 1º de março, das 16h às 20h, no Museu Janete Costa de Arte Popular, no Ingá. O evento apresentará também outros deleites gastronômicos, além de muita música, literatura e oficinas para adultos e crianças. E fica um desafio, para você pesquisar: quem produz o seu café? Uma dica: você não vai achar esse dado no rótulo das grandes marcas do mercado.”

jor

 

 

(artigo produzido por Moni Abreu para as mídias locais visando promover o evento)

05 nov 2014
1Comentário

O Brasil dos Cafés

Que o Brasil é o maior produtor mundial de café, a maioria já sabe, mas de fato, o brasileiro ainda tem bastante a aprender sobre esse fruto que vira grão, que vira bebida e que todos apreciam.

Café não é tudo igual. Nosso país é muito extenso e existem diversas regiões produtoras, cada uma com seus aspectos de clima, solo, variedade de grão e formas de cultivo. Junte-se a isso, as diversas possibilidades de torra, nos proporcionando uma infinidade de sabores, cores e olores para os cafés. O Brasil é portanto, o maior produtor de diversidade de café do mundo!

Graças à ciência, o café alcançou o patamar de alimento funcional e ganhou padrões tecnológicos para pós processos e torra, chegando enfim, à categoria de café especial. E o aumento da oferta de cafés de qualidade está mudando a cultura do café e trazendo pra consumidores e amantes da bebida, novos, melhores e mais saudáveis produtos. Hoje você pode degustar cafés orgânicos do ES, cafés agroflorestais do Paraná e do Ceará, cafés cítricos e ácidos das Matas de Minas e do Cerrado Mineiro, cafés doces da Bahia….

E diante de tanta diversidade, podemos afirmar que não existe um café do Brasil, mas sim, os vários CaféS do Brasil!

 

Artigo de autoria de Moni Abreu, publicado na página 7 do Tablóide da V Festa da Flor e Café de Bom Jardim sob o título “A Cafeicultura na Região Serrana do RJ”

tabloide festa flor e cafe

11 out 2014
2Comentários

Cafe…o que?

Ca-fe-o-te-ca. Cafeoteca. Sabe café? Então…

Cafeoteca é a junção de duas palavras: “café”, a bebida e “-teca”, sufixo grego que significa ‘coleção’ e/ou ‘local de guarda de coleções’. Cafeoteca é então, um lugar onde existe uma coleção de cafés. Antes de virar bebida, claro.

Daí que a cafeoteca é como uma biblioteca, sabe? Tem que ter títulos diversos, ter alguns escritores representados, ser de editoras distintas, conter assuntos diferentes. Numa biblioteca encontramos capas de cores e tamanhos diferentes, e quem sabe até, livros de línguas diferentes.

Me diga, você chamaria aquelas duas bíblias, o guia de viagem e o catálogo de moda de “minha biblioteca”? E aqueles únicos cinco livros de capa vermelha e lombada dourada com o pomposo título genérico de “Escritores do Século”? Pois então… Diversidade é o que define bibliotecas e cafeotecas. Explico, já, já.

A palavra diversidade, segundo o dicionário Aurélio, que está aqui na minha coleção de livros, nos remete a tudo aquilo que tem a ver com variedade, multiplicidade e abundância. No fim das contas também é sinônimo de representatividade.

Mas aí alguém vai me dizer: “ah, mas isso a gente vê no mercado. Na prateleira de cafés tem várias marcas”. Aí, eu vou te perguntar: você compra livro que só diz de que editora é? Ou você busca adquirir publicações de acordo com seu gosto, escolhendo por assunto, por autor, por título e/ou por língua?

No mercado somos obrigados a escolher café como se a única opção fosse a “editora”, aquela que pega o que é dos outros, embala bonito e vende. Pois é, ainda se compra café só por causa da marca. E se possível uma “bem estabelecida no mercado”, segundo me disse uma senhora certa vez. “E isso significa o que exatamente?” – perguntei aos meus botões, na época.

Acho que já sabemos que o Brasil é bem grande, não é mesmo? Sabemos também que o nosso país é o campeão na produção desse grão e que cada região imprime particularidades inequívocas de aroma e sabor em nossas xícaras. E que cada produtor pode revelar, no processo de torra, um sabor que só a bebida dele terá. Imagine toda esta representatividade em uma coleção, à sua disposição, pronta pra virar a bebida mais incrível que você e eu conhecemos!

Então, quer escolher MESMO? Vá a uma cafeoteca. Vai ter café pra tomar por uma vida inteira sem nunca encontrar um que seja igual ao outro! Viva a diversidade dos cafés brasileiros!

Pois é. Sem título, sem autor, sem assunto? Isso nem é um livro...

Pois é. Sem título, sem autor, sem assunto? Isso nem é um livro…

 

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

Texto original: Moni Abreu

Ao repostar, favor citar a autoria e a origem. Grata.

 

De café e de flores

A 5ª Festa da Flor & Café foi um sucesso!

O evento foi promovido pela Sempre Produtora Cultural em parceria com a Café!Café!Café! na questão dos cafés especiais. As oficinas de preparo e as degustações utilizaram os cafés do estado do Rio que estão concorrendo ao Prêmio Maravilhas Gastronômicas do Estado do Rio de Janeiro (Maravilhas RJ).

Maravilhas Gastronômicas do Estado do Rio de Janeiro – See more at: http://www.projetomaravilhas.com.br/o-premio/apresentacao#sthash.dW76UhgO.dpuf
Maravilhas Gastronômicas do Estado do Rio de Janeiro – See more at: http://www.projetomaravilhas.com.br/o-premio/apresentacao#sthash.dW76UhgO.dpuf
Maravilhas Gastronômicas do Estado do Rio de Janeiro – See more at: http://www.projetomaravilhas.com.br/o-premio/apresentacao#sthash.dW76UhgO.dpuf
Maravilhas Gastronômicas do Estado do Rio de Janeiro – See more at: http://www.projetomaravilhas.com.br/o-premio/apresentacao#sthash.dW76UhgO.dpuf
Maravilhas Gastronômicas do Estado do Rio de Janeiro – See more at: http://www.projetomaravilhas.com.br/o-premio/apresentacao#sthash.dW76UhgO.dpuf

Maravilhas Gastronômicas do Estado do Rio de Janeiro – See more at: http://www.projetomaravilhas.com.br/o-premio/apresentacao#sthash.dW76UhgO.dpuf

Se você esteve presente, degustou e gostou de algum deles, vote no seu preferido no site do Projeto Maravilhas do RJ.

A TV Globo local fez uma matéria sobre o evento. Assista em nosso canal do Vimeo: Festa de Flor e Café em Bom Jardim, RJ

A cafeóloga Moni Abreu deu entrevista para o RJ TV de Friburgo

A cafeóloga Moni Abreu deu entrevista para o RJ TV de Friburgo

Leia também nosso artigo, escrito para o tabloide do evento:

tabloide festa flor e cafe

O novo mundo do café especial

Em parceria com a Emater Rio e a Sempre Produtora Cultural, a Café!Café!Café! está levando a noção de cafés especiais e as perspectivas econômicas a partir das novas tendências de consumo, aos cafeicultores do distrito de Barra Alegre, Bom Jardim, RJ.

A cafeóloga Moni Abreu fará uma palestra introdutória sobre o assunto enfatizando a importância da qualidade para os pequenos produtores e as vastas possibilidades de retorno financeiro com a mudança do atual paradigma.
festa flor e café palestra aos produtores